sábado, 14 de agosto de 2010



ARTE DE SER FELIz

(...)

Houve um tempo em que minha janela se abria sobre uma cidade que parecia feita de giz. Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco. Era uma época de estiagem , de terra esfarelada, e o jardim parecia morto. Mas todas as manhãs vinha um pobre homem com um balde, e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas. Não era uma regra: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse. E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caiam de seus dedos magros, e meu coração ficava completamente feliz.

Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor. Outras vezes encontro nuvens espessas. Avisto crianças que vão para a escola. Pardais que pulam pelo muro. Gatos que abrem e fecham os olhos sonhando com pardais. Borboletas brancas, duas a duas, como refletidas no espelho do ar. Maribondos que sempre me parecem personagens de lope de veja. Às vezes, um galo canta. Às vezes, um avião passa. Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino. E eu me sinto completamente feliz.

Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem, outros que só existem diante de minhas janelas e outros, finalmente, que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim.

Cecília Meireles, escolha o seu sonho



ASSISTA AO VÍDEO "O POEMA DAS MÃOS"

E REFLITA


video

quinta-feira, 22 de julho de 2010

ASSISTA AO VÍDEO "PARA QUE SERVE A FILOSOFIA?"

video

AMIZADES E AMIZADE

AMIZADE E AMIZADES

Quantos amigos você tem? Convivemos com muitas pessoas, mas todas elas são nossas amigas? O que faz de alguém um amigo? Pode haver uma amizade unilateral, apenas de uma pessoa em relação a outra, ou a relação de amizade exige reciprocidade? Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.) buscou compreender a amizade e apresentou-a em três formas: baseada em necessidade, em prazer ou em caráter.

1) A amizade por necessidade tem como objetivo a sobrevivência. Afinal, o ser humano não é autossuficiente. Antes parece ser incapaz de viver isolado. A amizade nesse sentido é apenas uma relação de utilidade ou conveniência. A relação com o outro é apenas um meio para dar manutenção à sobrevivência.

2) A amizade por prazer é estabelecida em favor da alegria. É típica da juventude. A relação é mantida porque é prazeroso conviver, compartilhar, estar juntos.

3) A amizade por bondade é a amizade perfeita. O amigo é aquele que tem um amor desinteressado e ajuda o outro a viver a melhor vida. Entretanto esta é uma amizade rara, visto que se estabelece apenas entre pessoas justas. De acordo com a justiça, amar é mais fundamental do que ser amado. Este tipo de amizade ocorre quando as pessoas não ficam À espera das manifestações de amizade, mas, antes, são as primeiras a tomar a iniciativa para aprofundar o relacionamento com o outro.

SER AMIGO É...

Ser amigo é conhecer o outro. Se eu sou amigo de alguém, devo saber quem é esta pessoa. Este conhecimento deve ser o mais amplo possível.

Ser amigo é possibilitar uma relação integral.

Ser amigo é querer o bem do outro. A amizade não é sentimentalismo. Não se pode confundi-la com a mera gentileza ou compreensão. A amizade tem um único objetivo: fazer o bem sem interesse algum. O amigo vê o outro como a si mesmo. A amizade é uma relação entre iguais.

Ser amigo é ser reconhecido como amigo. A relação de amizade é uma conquista. Ela deve alcançar o reconhecimento e o consentimento do outro. Sem este reconhecimento não há condições para a reciprocidade. Ambas as pessoas devem saber-se amadas pela outra.

A amizade é uma relação de reciprocidade. Só há amizade se dois ou mais forem amigos uns dos outros. Essa perspectiva de reciprocidade requer que sempre se tome a iniciativa para agir, sem condições e pretensões, levando a ver o outro como um alter ego-outro eu. No entanto a amizade requer esforço, treinamento cotidiano e até mesmo sacrifício. Afinal, a amizade é uma virtude, um traço de caráter.

FELIPE DE MATOS MuLLER

sábado, 12 de junho de 2010

"A TELEVISÃO É A ARTE DO ANUNCIADOR, O TEATRO É A ARTE DO ATOR E O CINEMA É A ARTE DO DIRETOR".
PAULO AUTRAN, artista brasileiro

INSTALANDO O AMOR
Num departamento de Atendimento ao cliente...

Atendente: Boa tarde, senhora. Em que posso ser útil?

Cliente: Comprei o seu programa AMOR, mas até agora não consegui instalar. Eu não sou técnica no assunto, mas acho que posso instalar com a sua ajuda. O que eu devo fazer primeiro?

Atendente: O primeiro passo é abrir o seu CORAÇÃO. A senhora encontrou seu CORAÇÃO?

Cliente: Sim, encontrei. Mas há diversos programas funcionando agora. Tem algum problema em instalar o AMOR enquanto outros programas estão funcionando?

Atendente: Quais programas estão funcionando, senhora?

Cliente: Deixe-me ver... Eu tenho BAIXAESTIMA.EXE, RESSENTIMENTO.COM, ODIO.EXE e RANCOR.EXE funcionando agora.

Atendente: Nenhum problema. O AMOR apagará automaticamente RANCOR.EXE do seu sistema operacional atual. Pode ficar em sua memória permanente, mas não vai causar problemas por muito tempo para outros programas. O AMOR vai reescrever BAIXAESTIMA.EXE em uma versão melhor, chamada AUTOESTIMA.EXE. Mas a senhora tem que desligar completamente ODIO.EXE e RESSENTIMENTO.COM. Esses programas impedem que o AMOR seja instalado corretamente. A senhora pode desligá-los?

Cliente: Eu não sei como desligá-los. Você pode me dizer como?

Atendente: Com prazer! Vá ao menu e clique em PERDAO.EXE. Faça isso quantas vezes for preciso, até o ODIO.EXE e RESSENTIMENTO.COM serem apagados completamente.

Cliente: Ok! Terminei! O AMOR começou a se instalar automaticamente. Isso é normal?

Atendente: Sim, é normal. A senhora deverá receber uma mensagem dizendo que reinstalará a vida de seu coração. A senhora tem essa mensagem?

Cliente: Sim, eu tenho. Está completamente instalado?

Atendente: Sim, mas lembre-se. A senhora só tem o programa de modelo básico e precisa começar a se conectar com outros CORAÇÕES a fim de obter melhorias.

Cliente: Oh! Meu Deus! Eu já tenho uma mensagem de erro. Que devo fazer?

Atendente: O que diz a mensagem?

Cliente: Diz “ERRO 412 – O PROGRAMA NÃO FUNCIONA EM COMPONENTES INTERNOS”. O que isso significa?

Atendente: Não se preocupe, senhora. Este é um problema comum. Significa que o programa do AMOR está ajustado para funcionar em CORAÇÕES externos, mas ainda não está funcionando em seu CORAÇÃO. É uma daquelas complicadas coisas de programação, mas em termos não-técnicos, significa que a senhora tem que “AMAR” sua própria máquina antes que possa amar outra.

Cliente: Então, o que eu devo fazer?

Atendente: A senhora pode achar o diretório chamado AUTO-ACEITAÇÃO?

Cliente: Sim, encontrei.

Atendente: Excelente! A senhora está pegando prática nisso!

Cliente: Obrigada!

Atendente: De nada. Faça o seguinte: clique nos arquivos BONDADE.DOC, AUTOESTIMA.TXT, VALORIZE-SE.TXT, PERDAO.DOC e os copie para o diretório MEU CORAÇÃO. O sistema irá reescrever todos os arquivos em conflito e começará a consertar a programação defeituosa. Também a senhora precisa apagar AUTOCRITICA. EXE de todos os diretórios e depois esvazie a sua lixeira para certificar-se de que nunca voltem.

Cliente: Consegui! Meu CORAÇÃO está cheio de arquivos realmente puros! Eu tenho no meu monitor, agora, o SORRISO.MPG e está mostrando que PAZ.EXE, CONTENTAMENTO.COM e BONDADE.COM foram instalados automaticamente no meu CORAÇÃO.

Atendente: Então, terminamos! OAMOR está instalado e funcionando. Ah! Mais uma coisa antes de eu ir.

Cliente: Sim?

Atendente: OAMOR é um freeware (programa grátis). Faça o possível para distribuir uma cópia de seus vários modelos a quem a senhora encontrar e, dessa forma, a senhora receberá de volta dessas pessoas novos modelos verdadeiramente puros.

Cliente: Obrigada pela sua ajuda!

Atendente: que tal agora fazer um upgrade no seu coração e colocar uma versão mais moderna do AMOR? Não perca tempo, pois você deve saber que essas coisas precisam ser atualizadas quase que diariamente.


AUTOR DESCONHECIDO